11.1.12

Versões

Quando da ocorrência de ago, é normal nos atermos a somente um dos lados, sem pensar na outra visão. Tomamos um lado pelo correto e repudiamos ou esquecemos o outro.
"Controle Remoto", de Rafael Cardoso, demonstra como essa carência de referências se impôe em nossa sociedade, ainda mais na era do virtual, onde apesar de termos vários canais televisivos e sites diversos, nos atemos a uma única linha de pensamento. O mote é a morte de uma consagrada jornalista por um renomado professor universitário. A história gira em torno dos "porquês" e, enquanto personagens e leitor tentam compreender, fica o alerta de como somos voláteis.

Um comentário:

Í.ta** disse...

e volúveis :)

bom te reler, após tanta ausência minha.

abraço.