19.6.11

Lugar

Aquelas flores estavam na lixeira.
Não que ela as tenha jogado.
Simplesmente ficaram ali.
Melhor acomodação naquela casa.
Dizem que era o ambiente mais aconchegante daquele
lardocelar.

2 comentários:

Alê disse...

Que pecado!

Aninha Kita disse...

Acho que há um pensamento bem masculino naturalizado por trás deste conto, ainda que fale de uma mulher.
Por outro lado o comentário acima mostra a visão feminina.

Interessante! (E eu fico só a refletir...)

Beijos, beijos!
Ana