9.4.11

O coelho na cruz

Ele para em frente aos estandes e fica pensativo. "Qual levar? Se levar esse pro João, precisarei levar um melhor pra Maria. E ainda preciso comprar por Pedro, pra Ana, pra família, enfim..." Não sabe qual levar. Indecisão é foda, pensa ele. Mas não é indecisão, é falta de grana mesmo. Pior que ele precisa comprar. Se aquele cara morreu na cruz pra nos salvar, precisamos mostrar que somos fiéis a ele comprando presentes a todo mundo, óbvio. Enfim, é nessas horas que precisamos mostrar a humanidade que guardamos pras melhores ocasiões, não é mesmo? Enfim ele escolhe, e o pagamento custa quase todo seu salário. "Porra, são em momentos como esse que eu preferiria ser budista..."

2 comentários:

Aninha Kita disse...

Boa reflexão!

(Ah, gostei de um nome específico no texto, haha. :D)

Beijos, beijos!
Ana

Í.ta** disse...

"o menino, a guerra e a bola" tava pronto para ir ao blog. agora foi :)

abraços,

os textos continuam muito bons aqui!