27.3.11

Tempo vazio

E ele só queria dar um jeito de pagar as contas do banco e da vida, olhar na cara dela e dizer "chega", vender o nada que tinha pra comprar duas horas de sonho jogado no meio do mato, assistir um joguinho de futebol entre dois times anônimos, ler todos os livros do mundo sem ler nenhum de fato, quebrar o relógio, acender as luzes.

3 comentários:

Aninha Kita disse...

Ele e muita gente!!! Eu costumo dizer "queria poder dormir dois dias inteiros", a ideia - creio eu - é a mesma.
Mais um pequeno conto e com muito a dizer! Parabéns!

Beijos, beijos!
Ana

Anônimo disse...

dessa boa leva de pequenos contos, gostei especialmente desse aqui. por ser mais despretensioso do que os outros (que são mais afidos, mais críticos), de uma simplicidade que engana, porque o personagem é das coisas mais doídas.

abraço

eduardo s.

José Sousa disse...

Oi tudo bem!
Entrei em seu blogue e gostei de tudo que nele encontrei e li!
Vou ser seu seguidor, seja meu tabém la nos meus blogues. click no meu perfil e encontrará todos os meus blogues.

transpondo-barreiras.blogspot.com

Um abração.