23.1.11

Recusa

Ninguém prestou atenção na moça mais bonita da festa.
E tudo que ela precisava era de atenção.
De olhares. Cantadas.
Nunca um beijo ou algo mais.
Se contentava em ser uma estátua de cristal que ninguém podia tocar.
Mas os escultores eram os mais rudes.
A eles ela dedicava toda atenção.
Submissão.

2 comentários:

Aninha Kita disse...

Que texto lindo, simples e complexo, se é possível ser ambos.
Adorei! Muito sensível!

Abraços!
Ana

Í.ta** disse...

me fez lembrar de "formato mínimo", do skank.