15.10.10

Balada dos anormais

Hoje em dia é território comum a "anormalidade".
Parece necessária a divulgação de seu "atestado de anormalidade" ou algo do gênero, para então ser aceito.
E como me irritei ao ver o primeiro post de uma cronista em um jornal do estado dizendo que não era normal porque blablabla. Sendo que o próprio fato de denunciar suas particularidades já faz dela um ser humano como qualquer outro.
O problema do mundo é que tudo tende à banalização.
Na verdade, nem sei porque me irritei, pois um mundo que transforma resgate de pobres mineiros em espetáculo televisivo tendendo a Big Brother, não merece ser levado a sério.

Um comentário:

Í.ta** disse...

exato. não merece mesmo.