3.7.10

Adeus/Adiós

E depois da comoção geral, da vuvuzelagem ter dominado, e antes de cada jogo parecer que o mundo estava chegando ao fim, a participação verde-e-amarela terminou.
A culpa foi do Dunga?
Acho que foi de quem acreditou, hein.

As vuvuzelas ainda voltariam por cerca de meia hora, após a Argentina ser eliminada da Copa.
Pra sumir de vez.

Patriotismo, cadê você?????

4 comentários:

Í.ta** disse...

pois é,
também tô procurando por aquelas bandeiras estendidas por aí...

Aninha Kita disse...

hahaha
Muito boa reflexão! Parabéns!

Eu só não tenho esta confiança quanto ao fim definitivo das vuvuzelas, sei lá, esse povo é meio vidrado pela desgraça alheia... Capaz de comemorar ainda pelos próximos eliminados. Vai entender!

Ana

Jones Giovanella disse...

Gosto de acreditar que a derrota é o passo, passe, mais importante para a vitória. Reflito as vezes sobre o quão errado é comemorar a derrota de outras equipes, adversárias, mas logo meus pensamentos não encontram respostas para a alegria gerada pela vitória de nossa equipe. Um perde e outro ganha, certo e errado... Temo pela vitória assim como pela derrota, porém, comemoro ambas.

PH, tu escreves muito bem. Abraço.

laynie_ disse...

A culpa realmente foi do Mick Jagger haha! :x

Mesmo assim, foi uma derrota tensa, e de repente tudo sumiu, lavaram as ruas, tiraram toda a decoração. Parou a festa, todo mundo voltou a vida igual antes da copa. Ninguém mais acorda cedo pra ver jogos ou pára na frente da tv com curiosidade pra ver quem vai ser o vencedor da copa desse ano.

Não sei o que falar sobre, prefiro nem comentar sobre os jogos mais pra não gerar discussões inúteis. (: