23.5.10

Sobre ser patriota

As útlimas semanas têm me deixado de cabelo em pé.
A alienação geral toma conta, e deixa muitos em polvorosa.
Confundir futebol com patriotismo é ridículo.
Como se para ser brasileiro, fosse necessário torcer pela Seleção, e só.
Dane-se emporcalhar as ruas, dane-se as atividades ilícitas, nem aí pra política.
Meu amor pelo meu país, cidade e estado está nos meus atos. Não nas cores que vestirei.
Esse ano opto por não torcer. E não há nada a ver com corpo-mole de jogador 'x', brincadeirinha de jogador 'y'.
É pura e simplesmente pela alienação que toma conta de muita gente.
Sim, ainda vive-se na época do pão e circo...
De qualquer forma, boa sorte à Seleção Brasileira.

Um comentário:

Í.ta** disse...

taí, legal tu levantares esta bola.

eu tô nessa desde 2003. 2002 ainda torci e vibrei e pulei e me contagiei com uma alienação geral. ingênuo que era. depois, não mais.

também acompanharei por gostar de futebol. mas não consigo mais torcer por um time só de 4 em 4 anos, não. torcer pra mim é uma vibração diária, que não depende de cores, de vestimentas, de apelo popular.